26 de dez de 2004

Plano anticelulite

Você pediu e nós atendemos: está de volta a dieta que fez um sucesso e tanto. Finalmente chegou a hora de exterminar a inimiga número 1 das mulheres
Todo mundo sabe que a saúde, a beleza e o bem-estar dependem do que colocamos no prato. Com base em estudos sobre a função dos alimentos, a nutróloga e especialista em medicina estética e obesidade Maria José Basile, de São Paulo (SP), montou e testou em pacientes um cardápio que, segundo ela, reduz significativamente a celulite em qualquer estágio, até mesmo nos graus 2 e 3, quando há uma grande quantidade de furos e nódulos.O princípio da dieta hiperprotéica é promover uma limpeza do organismo, já que o acúmulo de toxinas é um dos grandes responsáveis pela celulite. Para isso, as gorduras ficam de fora — elas incham ainda mais as células adiposas, dificultando a circulação local e a oxigenação celular — e a quantidade de carboidratos é reduzida para evitar que virem depósitos de gordura. Essa categoria alimentar sofre um corte pela seguinte razão: pães, cereais e massas são o principal combustível do corpo. Sem eles, o organismo começa a atacar as reservas, ou seja, eliminar gordura, segundo Maria José. Porém, na falta desse tipo de alimento, os músculos são usados para gerar energia, o que significa perda de massa magra. Por isso, a dieta só é recomendada por 15 dias. Do contrário, pode comprometer a saúde. Mas não é pouco tempo para ver resultados? Maria José garante que não. “É suficiente para o organismo desintoxicar e perder o hábito da ingestão excessiva de certos alimentos que acumulam toxinas.”
E o que é permitido nesse programa alimentar, que enxuga até 1 quilo por semana? Carnes magras, verduras, legumes, frutas e alguns cereais e laticínios. “As proteínas, representadas pelas carnes, são importantes para manter os músculos firmes após a perda de peso. As verduras, os legumes e as frutas saciam e ajudam a eliminar toxinas e líquidos, já que são fibrosos”, diz Maria José. Um alerta: quem malha intensamente deve fazer algumas alterações no menu para garantir energia (veja o cardápio). Após esse período de duas semanas, o programa reintroduz pouco a pouco alguns ingredientes até atingir 55% de carboidratos (frutas, verduras e legumes, arroz, pão e macarrão integrais, aveia e granola), 25% de proteínas (carnes magras, leite e derivados, de preferência, desnatados ou light) e 20% de gorduras (presentes nas proteínas e embutido no preparo dos pratos, como margarina e azeite).Nessa fase de manutenção, que deve ser feita por seis meses, outros cuidados também são importantes. O ideal é adotar uma atividade física diária e controlar a ingestão de doces e frituras. Pode comer uma barra (30 g) de chocolate duas vezes por semana e um prato mais gorduroso uma vez.

Texto coletado do site da revista Boa Forma

Um comentário:

Anônimo disse...

Acho muito fácil falar de celulite para pessoas com quilos a mais...o meu caso é que tenho 30 anos 53kg,1.65mt, sou vegetariana desde os 4 anos...e tenho muita celulite grau 2 para 3...e aí ??Naõ quero emagrecer uma grama !! Faço exercícios não regularmete e não aeróbico, faço mais localizado de duas a trez vezes por semana...uso cremes... como matar estas malditas de vez?!?! Não precisa nem sumir, mas pelo menos amenizar!!!