15 de nov de 2004

Alimentação para diminuir a barriga

A ingestão de grandes volumes de alimentos e líquidos por um período de tempo prolongado (alguns dias), causam o aumento do volume do estômago, refletindo na silhueta. Com isso, o estômago tornar-se-á capaz de armazenar uma maior quantidade de alimento, fazendo com que o indivíduo precise ingerir uma quantidade maior de alimentos para se sentir saciado. Parte da ingestão alimentar será aproveitada pelo organismo, parte será eliminada e uma outra parte será armazenada em forma de gordura.Para que o processo de dilatação do estômago seja revertido, ou seja, para diminuir o seu tamanho e também para “queimar” a gordura localizada é necessário um programa de reeducação alimentar, baseado em um maior fracionamento da oferta alimentar, distribuída preferencialmente em 3 refeições principais pouco volumosas (desjejum, almoço e jantar) e 3 pequenos lanches intermediários (lanche da manhã, lanche da tarde e ceia), compostos de alimentos de baixo valor calórico. Em complemento ao controle alimentar é indicada a prática de exercícios aeróbicos, de preferência por mais de 40 minutos, 3 a 4 vezes por semana. Esses exercícios ajudarão a queimar a gordura armazenada.

Um outro fator causador do aparecimento da barriga é o mal funcionamento intestinal. Para regularizá-lo é indispensável uma elevada ingestão de líquidos, principalmente água, na quantidade mínima de 2 litros ao dia. A ingestão de fibras, presentes nos legumes e verduras (de preferência crus), frutas com casca ou com bagaço, grãos integrais, farelos, aveia, arroz integral e leguminosas, também deve ser elevada. O maior fracionamento da dieta também contribui para um melhor funcionamento intestinal, uma vez que com ele o estímulo da função intestinal será constante. É também necessário evitar os alimentos causadores de gases.



Nenhum comentário: